Somos meros "lulus"; final de ciclo;calendário maia;freqüencias;tsunami novamente;ficção ou realida

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Vencer ou vencer mas, com honra...


 
              Vencer ou vencer mas, com honra...
                        Desde sempre, o mundo ocidental briga pela vitória.
                        Só que, os nossos princípios, ficaram sepultados nas cinzas do esquecimento.No tempo em que andávamos pela terra com orgulho justificado e de cabeça erguida.Éramos os filhos dos deuses, nascidos para brilhar.
                         Depois, algum cataclisma acabou com a nossa civilização e esquecemos nossas orígens.Nos tornamos pouco mais que animais, pior que eles, pois matávamos por prazer.Para assumir a posse de algo que não nos pertencia.As custas de nossa honra, de calúnias , intrigas e mentiras.
                         Porém, alguns humanos recuperaram e guardaram os princípios de honra.No Oriente, entre samurais e adeptos das artes marciais.Todo um código de honra e decência era aprendido e seguido a risca.O guerreiro que fracassasse, podia usufruir de uma morte honrosa mediante o auto-sacrifício.
                         Mas, no Ocidente reinou a ignorância, a ganância e a estupidez.Reis eram anlfabetos, fanáticos religiosos ou torpes e ganancioso.O motivo das guerras era apenas o saque, mas douravam a pílula fantasiando uma guerra religiosa.
                          Quando a América foi descoberta, a cobiça alvoroçou a Europa, mórmente Portugal e Espanha.O Novo Mundo só era visto como alguma coisa a ser explorada.Os indígenas, segundo a Igreja, “não tinham alma” (tal como os negros).Então, podiam ser escravizados para servir a Espanha e Portugal.
                          Homens ambiciosos e sem princípios aportaram aqui.E, sem um pingo de culpa, trucidaram milhões de indígenas.Tanto Cortez quanto Pizarro, nada ficavam a dever a pior ralé.Ou ao nojento Marquês de Pombal, que trucidou os Guaranís das Missões...e receberam honras da Coroa espanhola!Muitos festejaram sua vitória-VITÓRIA???Sem um pingo de princípios???
                          Foi durante a ocupação portuguesa das Missões que um índio missioneiro, Sepé Tiarajú gritou uma verdade “essa terra tem dono!”.Um seu seguidor ferido, foi assistido por um padre missioneiro que lhe perguntou:
                          -Filho, aceita os santos óleos, perdoe seus inimigos e absolva teus pecados!O Senhor Jesus te receberá em seu reino...
                          -Padre, os portugueses e espanhóis vão para o céu?
                          -Sim, filho.Deus é pai de nós todos sem distinção!
                          -Então, não quero a unção.Não quero ter que aguentar portugueses sem honra na outra vida...
                          Então, o índio fechou seus olhos e o padre encomendou sua alma inocente e pura.Ele se recusava a conviver com bandidos.
                          Hoje, me reporto aos índios e samurais:honra e princípios são artigos raros.Muitos vencem.Mas, só Deus sabe a qunto venderam sua alma ao Diabo para vencer.O quanto de maldade e injustiça praticaram!
                          Se você se julga um vencedor, contabilize quantas pessoas você teve que tirar do seu caminho para vencer.Se o resultado for ZERO, você é um vencedor com honra!!!
                         
 

#Minha Operadora - Telecomunicações pra você: #Cadastro

#Minha Operadora - Telecomunicações pra você: #Cadastro: Cadastre-se aqui para ficarmos mais próximos de você. Esse cadastro serve para você participar de nossas promoções, enviar torpedos pelo po...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

As carruagens da Cinderela


 
             As carruagens da Cinderela
             Já falei que nascí Cinderela?Bom, então, me desculpem!
                        Como Cinderela, eu precisava de uma carruagem para me locomover.Então, meu Mago Padrinho me presenteou a 1ª carruagem:uma Mercedes Benz SL 500 5.0 V-8.Fiquei encantada!
                         Mas, minha alegria durou pouco pois, quando fui ao minha antiga escola, os ladrões a roubaram justo do estacionamento (vai ver nem estacionei direito-ou será por ser conversível?)
                          Chorei copiosamente mas, meu Mago Padrinho me prersentou dessa vez com um Jeep Willis 51.Acho que não preciso dizer que as filhas da madrasta ou quem quer que seja, sumiram com meu Jeep.
                          Chorei mas, sentí algo no ar:era uma guerra declarada e eu não fugiria dela.
                          O Mago Padrinho não se fez tardar e me deu um Porsche 550 Spyder.Evitei diriji-lo na cidade.Eu  tinha planos e os coloquei em prática.
                          Quando resolví sair com o Porsche, já estava preparada.Tirei a chave da ignição.Me abaixei lentamente para olhá-lom pela última vez e acariciei sua barriga pela última vez.Saí sem olhar p’ra trás...
                           Enquanto esperava ser atendida na secretaria, um estrondo:meu adorado Porsche foi pelos ares.Mas, junto com ele, morreu o ladrão.
                           Outros carros explodiram na tentativa de roubo, sempre matando o “puxador”.Isso nos deu a pista do mandante.Ele foi para a cadeia (por pouco tempo, não sem antes fazer uma campanha contra “as pessoas perigosas que explodiam ladrões” e ainda disse “imagine se a moda pega...”).
                            Foi justamente alí que tive um “dejá vus”:eu teria que ser dura e implacável com certas pessoas.
                            Tempos depois, o bandido se vingou de nós junto ao DOPS, nos dando o rótulo de “subversivos frios e perigosos”.E o DOPS, pouco seletivo, engoliu tudo com Gourmet.
                             Muitas vezes repenso nisso:precisava explodir?Precisava, sim!Bandido só entende o próprio idioma.Violência era o idioma dele.O trôco devia ser de acordo com o roubo.
                             Moral da história:deixei de ser Cinderela e o Mago ficou horrorizado de saber que as vítimas dos roubos combinaram explodir seus carros com os ladrões dentro.Ele sabia que existiam minas de contato mas, não sabia que as conhecíamos.
                             Meu Mago Padrinho!Aprendí a bater depois de apanhar.E, sabíamos que a hipocrisia social desestimulava os pais de defenderem seus filhos.Tivemos que nos defender.
                              Quanto aos bandidos, nunca mexam com as Cinderelas:elas podem virar bruxas explosivas e incendiárias. “O Ministério dos Justos adverte:provocar raiva alheia faz mal à saúde e pode ser fatal ou irreversível.”
                             

Cinderela ou fada?


 
              Cinderela ou fada?
                          Todas tivemos uma educação errada, pautada pelos moldes machistas com a exigência de sermos Cinderelas.Pode até ser muito bonito e romântico mas, muito incômodo.
                           A Cinderela vive a espera do príncipe encantado ou depende dele.Se ele for rico e generoso tudo bem.Mas, se ele for pobre, é um desastre.Por quê?
                           No meio capitalista e fútil em que vivemos, as aparências pesam muito.Ser rico ou ter poder é o que importa.Cinderela alguma será respeitada 100%.Ou, o será até seu marido troca-la por outra.
                            É difícil perceber a fragilidade dessa posição até que você quebre a cara e tenha que sobreviver por si.Aí, cai a ficha...e você percebe que ninguém mais tem obrigações com você.Ou, que você pode sobreviver dignamente sem o príncipe (muitas vezes, muito melhor , financeiramente).Então, é preciso quebrar a cara para descobrir seu potencial, que pode te tornar dona de um castelo muuuito melhor e maior que o dele!!!
                            O triste é ver que essa idéia de Cinderela está tão arraigada que, mesmo sendo bem sucedida, a mulher ainda não se vê como dona do seu nariz.Ela, por qualquer razão ilógica, precisa de um marido para sustentar ou pagear, num resquício evidente do patriarcalismo.
                             Algumas, embora percebendo o desinteresse e desprezo do marido, continuam do seu lado, sofrendo e achando que a vida sem ele não tem sentido.
                             Muitas vezes sou antipática ao cantar a pedra para as Cinderelas mas, nem ligo.Eu sei do que estou falando; e não é folclore ou preconceito.É a constatação de só quem prova ser capaz é respeitado.E, me conteste quem quiser porque contra provas não há argumentos.
                              Dá pena ver nossas mães, tias e afins, chorando pelas “cebolas do Egito” ou seja por saudade do pirão dos escravos.Talvez, na realidade, elas tenham o desejo de ser protegidas.E confundem tudo, como a maioria confunde amor com sexo.
                               Chego a ser repetitiva: “busque seu espaço”, “vença por você mesma”, “conquiste respeito e dignidade trabalhando”.Pena que tudo isso é interpretado como rejeição ou exibicionismo de quem conquistou sozinha seu espaço.
                                Entre ser Cinderela ou fada, eu prefiro ser fada.Transformar as pedras em degraus, as abóboras em carruagens, as lágrimas em colírio e o abandono em resgate.É só assim que você abre espaço e conquista seu lugar.Pouca gente irá atirar pedras em quem é poderoso.Mas, muita gente apedreja as Cinderelas pobres.Então, diante do exposto, nada mais há para dizer senão “construa seu castelo com as pedras que te atiram.Logo serás uma rainha e as pedras não mais te atingirão.E, serás respeitada como pessoa”...
 

sábado, 16 de junho de 2012

Sonhos criptografados


 
            Sonhos Criptografados
                        Sonhei , há alguns dias um sonho criptografado.
                        Um grande amigo meu havia morrido e me deixou um legado:
                                -Uma pasta com as cópias de todos os seus processos;
                                -Uma estufa de plantas em formato de castelo de cristal, finamente elaborado, com estrutura de metal;
                                -Várias dúzias de ovos congelados.
                         Quanto a pasta com seus processos, ele era advogado.Deveria guardar com carinho o fruto de seu trabalho.
                         A estufa, faz sentido para criar ou recriar um clima para certas plantas.
                         Os ovos, que esotéricamente significam o renascer da vida, me intrigaram um pouco mais.
                         Os processos, são as experiências e seus resultados.É só seguir.
                         Recriar o clima, significa voltar ao optimum climaticum específico.
                         O Renascer da vida, significa voltar ao começo e começar de modo certo.
                          Me pergunto, por qual razão ele teria me deixado esse legado?Por eu ser boa fiel depositária?Ou por me julgar capaz de realizar essa tarefa?
                          Analisando sua vida, ele viveu cercado de gente não confiável e interesseira.
                          Certamente, surgiriam mil e um sucessores, querendo o legado sem saber do seu real valor.
                           Relembrando uma fertilização in vitro, lembro que apenas um esperma fecunda o óvulo e ponto. E o óvulo precisa estar intacto (daí por que congelado).E os ovos estavam perfeitos.
                            Enfim, se eu encontrar o legado, prometo ao meu amigo legislador recriar o seu mundo perfeito.Amém!
 

domingo, 10 de junho de 2012

Dia dos Namorados 3

Sei que já houve o Valentine's Day(14/02) e que me trouxe muitas lembranças:
http://www.images-at-its-best.com/stock-photos/216x144/namorados-jovens-crianA%A7a-jovem-gato-45250.jpg
Jovens namorados,

http://4.bp.blogspot.com/_X01pfQIkFik/TEBktoLBfpI/AAAAAAAAB_c/UZhszPcIQqQ/s1600/casal%2520de%2520adolescentes%25202.jpg
Namorados adolescentes,

http://cinezencultural.com.br/site/wp-content/uploads/2009/06/meuprimeiroamordois.jpg
O primeiro amor

http://2.bp.blogspot.com/_W_p6d_2kaSc/TJpBsIMhl3I/AAAAAAAAAP4/10rSmqOIAzM/s1600/EB44F.jpg
O grande amor

http://casamento.culturamix.com/blog/wp-content/uploads/2011/05/Como-Escolher-a-Data-do-Seu-Casamento-Dicas-Pr%C3%A1ticas-2.jpg
O 1º casamento com pompa e circunstância

The image “http://2.bp.blogspot.com/_NnGhBcy6o04/SEhXz04UbgI/AAAAAAAAAaw/AK1hMhSgj5I/s400/vovoama.jpg” cannot be displayed, because it contains errors.
Amores maduros e...

The image “http://1.bp.blogspot.com/_MyAS82DlCMw/S_Q8fBqqpdI/AAAAAAAAACM/qfjlG-tFNHE/s320/amor_virtual-731.gif” cannot be displayed, because it contains errors.
Amor virtual, depois

Soneto do Amor Eterno

Soneto do Amor Eterno
De tudo, ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre e tanto
que mesmo em face do maior encanto
dele se encante mais meu pensamento.

Quero vive-lo em cada vão momento
e em seu louvor hei de espalhar meu canto
e rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento.
E assim quando mais tarde me procure
quem sabe a morte, angustia de quem vive
quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):

Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

*Vinicius de Moraes*



Dia dos Namorados 2


 
Você adoça minha vida!
 
Me transporta a lugares mágicos...
 
Mas, estamos tão distantes quanto o Horizonte!

Dia dos Namorados 1